24 de maio de 2013

GRI lança quarta versão de guia para publicação de relatórios de sustentabilidade

G4-label

Durante a Conferência Global da GRI (Global Reporting Initiative), que terminou hoje em Amsterdam (Holanda), foi lançada a nova geração do guia que traz os padrões internacionalmente aceitos para publicação de relatórios de sustentabilidade pelas empresas — o GRI-G4.

Assim como nas versões anteriores, a biodiversidade continua elencada como um dos aspectos do guia, orientando empresas a prestar informações de indicadores específicos sobre a ligação que têm com o patrimônio natural. Questões como a relação das instalações (localização) da empresa com áreas protegidas, descrição de principais impactos sobre a biodiversidade, habitats protegidos ou restaurados e identificação de espécies ameaçadas que ocorram em áreas afetadas pelas operações da companhia são os indicadores que compõem a porção do guia dedicada à conservação da biodiversidade.

A existência do GRI, aliás, tem auxiliado empresas a aprimorarem seus programas de sustentabilidade. Por consequência, é comum perceber o setor privado procurando instituições do Terceiro Setor para estabelecer parcerias, a fim de melhorar a performance sustentável e ter práticas mais consistentes para gerar impactos positivos e para apresentar nos relatórios de sustentabilidade.

Além disso, nesta nova geração do guia, há uma ênfase dada à questões de materialidade — aspectos expressivos para a prática da sustentabilidade pelas empresas,  e que são levantados a partir de consultas a públicos de interesse (stakeholders) das companhias.

As informações completas sobre o G4, bem como sobre a conferência de Amsterdam, podem ser conhecidas a partir do endereço www.globalreporting.org. Por enquanto, o novo guia está disponível somente em inglês. Traduções estarão disponíveis em breve, incluindo o português.

Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Deixe um comentário