Gaio de Steller (Cyanocitta stelleri) é o nome popular da ave que virou equivocadamente um “novo símbolo” do estado do Paraná. Está sendo usada nas campanhas do Governo do Paraná para apresentar um programa questionável de plantio de árvores.

Em parecer técnico assinado pela Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA), especialistas explicam a enorme diferença entre a espécie nativa das florestas do oeste da América do Norte e da gralha-azul, espécie do bioma Mata Atlântica. Este equívoco é lamentado pela SPVS e por outras instituições que trabalham há tantos anos pela conservação desta ave e das florestas da Mata Atlântica – um dos biomas maios ricos em biodiversidade do mundo e já tão ameaçado.

Clique aqui e confira o parecer na íntegra