Notícias Gerais

23 de novembro de 2018

Programa Papagaios do Brasil promove capacitação de policiais ambientais

Por Comunicação

Evento foi realizado no Jardim Zoológico do Rio de Janeiro e abordou o tráfico de animais silvestres com Polícia Ambiental do estado

Capacitacao-policiais-RJ_Foto-SPVS_galeria

No dia 21 de novembro, membros da Polícia Ambiental e servidores ambientais da Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro participaram de um curso sobre a identificação, manejo e destinação de espécies de papagaios. Promovido pela Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) e pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Aves Silvestres (Cemave) do ICMBio, o curso teve duração de um dia, com foco na identificação, manejo e destinação de espécies de papagaios vítimas do tráfico. A iniciativa é parte do Programa Papagaios do Brasil, projeto que reúne instituições que atuam pela proteção de espécies de papagaios. O evento também contou com a presença de representantes do Ibama.

A programação iniciou com a apresentação da estratégia nacional para conservação de espécies ameaçadas por Patrícia Serafini, que é médica veterinária e analista ambiental do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (CEMAVE/ICMBio). Ela também explicou sobre técnicas de contenção, manejo e transporte de papagaios. Na sequência, Elenise Sipinski, coordenadora do Programa e do Projeto de Conservação do Papagaio-de-cara-roxa, apresentou as estratégias e ações promovidas pelo Programa e que podem contribuir com a atuação dos policiais.

Convidado, o Tenente Calandrini, da Polícia Ambiental do Estado de São Paulo expôs aos presentes como se dá a atuação da polícia em seu estado, aspectos legais nacionais e internacionais, e procurou incentivar a troca de experiências com os presentes. Já Gláucia Seixas, zootecnista e coordenadora do Projeto Papagaio-Verdadeiro, apresentou seu estudo de caso sobre o tráfico da espécie, pontuando as principais características e os impactos do tráfico sobre a população de papagaio-verdadeiro, assim como as principais ações que estão sendo tomadas para mudar esse cenário.

Outro momento importante do encontro foi o trabalho em grupo para debater estratégias eficazes para o combate ao tráfico desses animais, com atividade prática de manejo e contenção com papagaios do Rio Zoo.