Projeto de Monitoramento da Biodiversidade em Propriedades Rurais

Entendendo que a agropecuária e a conservação da natureza podem e devem caminhar juntas o Projeto de Monitoramento da Biodiversidade em Propriedades Rurais (JTI-Bio) teve início em 2014. Esta é uma iniciativa da empresa JTI e da SPVS que tem por objetivo contribuir com a manutenção e o incremento da biodiversidade por meio de boas práticas de conservação da natureza em pequenas propriedades rurais no Estado do Paraná.

O Projeto Monitoramento da Biodiversidade em Propriedades Rurais (JTI-Bio) teve início em 2014 com a concretização da parceria entre a empresa JTI e a SPVS. Esta iniciativa tem por principal objetivo contribuir com a manutenção e o incremente da biodiversidade por meio de boas práticas de conservação da natureza.

Durante a primeira etapa do Projeto, os técnicos das duas organizações foram a campo para dialogar com produtores rurais e conhecer a realidade ambiental de propriedades integradas à empresa no Estado do Paraná. Entre os municípios abrangidos estão São Mateus do Sul, Rio Azul, Rebouças, Paulo Frontin, Mallet, Irati, Guamiranga, Palmeira, São João do Triunfo, Rio Negro, Piên e Quitandinha.

Com base nos dados de campo, em informações de outros trabalhos já desenvolvidos pela SPVS na região e com apoio de orientadores e produtores, foi possível estabelecer indicadores para o monitoramento da biodiversidade, no contexto de pequenas propriedades rurais na Floresta com Araucárias e Campos Gerais no estado. Diante destas informações foi elaborado o Protocolo de Monitoramento da Biodiversidade (PMB) baseado em ações de boas práticas de conservação a serem implantadas nas propriedades.

Na segunda etapa, preocupou-se em instalar o Protocolo em campo, capacitando orientadores e produtores para obtenção de resultados em conservação. Neste momento, o Projeto encontra-se na fase de implementação das ações para adequar as propriedades à legislação, considerando, dentro do possível, critérios de adicionalidade.